Benvindos!

Neste espaço divulgo meus trabalhos, textos e eventos.
Por gentileza, não faça cópia dos textos ou das fotos, obrigada!

sábado, 15 de maio de 2010



Cobertura vegetal
A cobertura vegetal de um espaço no jardim é um efeito de paisagismo. Pode ser feito com gramíneas em extensos gramados ou com plantas rasteiras diversas. Gramados modernos tem sistema de água por irrigação controlada, o que economiza consideravelmente a água potável.
A substituição de gramíneas por outras plantas rasteiras para cobrir extensas áreas tem aumentado. Elas não resistem o pisoteio como a grama, mas seu efeito em colorido e textura, além de flores tem ganho adeptos entre os paisagistas. Podemos encontrar plantas de diversas alturas, desde 10 a 15 cm até 30 cm ou mais, formando grandes canteiros. A escolha é grande, podemos usar plantas de sol, meia sombra e sombra com sucesso.
Entre as plantas rasteiras podemos citar o maringá (Aptenia), a vinca azul (Vinca major) e o helicriso (Helichrysum), entre os de pouca altura e para locais ensolarados. A hera (Hedera), a ajuga (Ajuga reptans) e a avenca (Adiantum) para zonas mais sombreadas. Para quem deseja flores, recomendamos a cravina (Dianthus) ou a gazânia (Gazania), que também podem servir de bordadura de canteiros.
O texto faz parte de um arquivo de textos da Cattleya Assessoria e Consultoria Agronômica Ltda. - www.cattleya.com.br- e a foto é de um jardim de um cliente, onde coloquei lantana amarela rasteira e aptenia veriegada. O sol do final da tarde deu o toque de luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário