Benvindos!

Neste espaço divulgo meus trabalhos, textos e eventos.
Por gentileza, não faça cópia dos textos ou das fotos, obrigada!

terça-feira, 1 de junho de 2010

Jardins modernos




   O que se considera um jardim moderno? Muitos acreditam que aquele ar minimalista de 2 coqueiros,uma porção de moréias, uns caminhos de pedriscos são um grande projeto de paisagismo. Um jardim bonito passa pelo projeto paisagístico, de forma a tirar partido do local, com suas peculiaridades, clima, tipo de vegetação natural, acidentes de terreno como elevações, árvores já existentes,etc. Plantas nativas, combinações de forma a harmonizar cores,  texturas e formatos, com a adição de árvores ou arbustos frutíferos, a colocação de plantas aromáticas. Havia o conceito de que plantas aromáticas eram somente para cozinha e chás. Atualmente, elas fazem parte da seleção de plantas para um projeto, pelas suas formas que embelezam qualquer espaço.

   Tanta diversidade de plantas num projeto? Como condizer e equilibrar tanta informação? O conhecimento de plantas é a base do paisagismo, muito mais que definir caminhos e formas de maciços de plantas. Conhecendo a planta, sua origem, como se comporta ao longo do ano, saberemos se esta planta serve para nosso projeto. O jardim moderno passa a ser objeto de estudo de ambientalistas, interessados na sustentabilidade do ambiente. Um jardim é dinâmico, visitado por pessoas, animais domésticos e fauna selvagem. Há insetos, pássaros. Equilíbrio. Esta é a chave. Um jardim bem projetado, com espécies adequadas ao ambiente, será bonito e saudável ao longo dos anos, tornando-se  um ponto de encontro de todos seus frequentadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário