Benvindos!

Neste espaço divulgo meus trabalhos, textos e eventos.
Por gentileza, não faça cópia dos textos ou das fotos, obrigada!

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Jardins com projetos minimalistas, isto é, de poucas plantas, na grande maioria folhagens, não propiciam a aves e insetos polinizadores o alimento que necessitam. A responsabilidade de ter um espaço onde se possa cultivar plantas, da horta ao jardim, passa também pela oportunidade de melhoria do meio ambiente, fornecendo às aves um local de pouso, nidificação e alimento disponível. Nada mais gratificante de ter beija flores ao nosso redor num jardim florido, acolhedor e atraente. Vamos difundir esta ideia.
Um convite a todas as pessoas interessadas: dia 21 de março estaremos realizando uma palestra de abertura dos eventos que serão realizados no espaço do Rossatto Garden Center na  Rua Darcy Pereira Pozzi, 900, em Porto Alegre. O tema é Plantas para apartamentos e sacadas. Horário 14:h, Entrada franca. É preciso se inscrever, pois há limitação de lugares, o email é cattleya.consultoria@gmail.com

domingo, 22 de junho de 2014

Chamaecypares, uma conífera de folhagem densa e cor verde intenso, ideal para ornamentar jardins em regiões mais frias. Acompanhar outras plantas com folhagens de texturas diferente  e algumas floríferas, tornando o ambiente agradável.Recomendamos Juniperus horizontalis, o junípero rasteiro e azaleias-anãs (Rhododendron indicus).

sábado, 7 de junho de 2014

Vamos atrair beija-flores para o jardim!

O camarão-vermelho (Justicia brandejeana) é uma planta herbácea excelente para bordas de muros. Florífera o ano todo, suas flores são atraentes para beija-flores. Nas estações de outono e inverno há menor quantidade de plantas florindo, então a adição desta planta ao jardim atrairá as aves e encantará a todos.

Arbustos floríferos, como este da foto, um hibisco de flores grandes, são um adendo interessante a jardins pequenos, onde não há possibilidade de cultivar uma árvore. No final do inverno, quando as mudas não estiverem com flores,  realizar a poda de formação, dando um aspecto mais ovalado ou arredondado para melhor aparência depois.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Árvore nativa

Eugenia involucrata, cerejeira-do-rio-grande, uma árvore nativa que produz um tipo de cereja muito apreciada por humanos e pássaros. Excelente para compor bosques e ornamentar praças.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Livro jardins sustentáveis

Jardins sustentáveis
Livro de Miriam R.Stumpf Morelli

A sustentabilidade tem sido muito estudada e discutida na área de engenharia e arquitetura moderna. Sua aplicação envolvediversas técnicas e tem sido um grande sucesso de empreendimentos
arquitetônicos. Na área de ajardinamentos, no entanto, o assunto é ainda pouco difundido. O planejamento de áreas permeáveis urbanas pode adotar os critérios de sustentabilidade que podem ajudar a tornar a vida na cidade mais agradável, diminuindo a poluição, promovendo a melhoria do meio ambiente, a diminuição dos impactos ambientais e a mitigação de problemas urbanos. Os jardins sustentáveis são um desafioà criatividade do paisagista, com a inserção de plantas nativas para criar belos espaços ornamentados com plantas. 

Neste livro analisamos as formas de promover melhorias de problemas como ar poluído, água, ruído e erosão com a inserção de vegetação adequada a cada caso. São abordados também diversos temas, como preparo do solo, plantio, poda, adubação e manutenção de jardins, indispensáveis para quem aprecia e trabalha com plantas, seja oengenheiro agrônomo, o arquiteto, o paisagista e a dona de casa que aprecia jardinagem.